Rommanel

terça-feira, 21 de junho de 2011

SEMANA DE COMBATE AS DROGAS FOI LANÇADA NO COMPLEXO DA ESTRADA DE FERRO MADEIRA MAMORÉ







A XII Semana Nacional de Políticas sobre Drogas foi lançada no domingo, numa cerimônia realizada junto ao Complexo Cultural Madeira Mamoré. Além das autoridades, imprensa e servidores municipais e estaduais presentes, o dia de sol levou muitos visitantes ao local, tradicional ponto turístico de Porto Velho à beira do Rio Madeira, que puderam acompanhar a solenidade que abre uma série de atividades agendadas até quarta-feira.

Dezenas de pessoas vestidas com a camiseta alusiva à campanha, encabeçada pelo Conselho Estadual de Combate às Drogas (Conen), deram um colorido especial à atividade, que contou também com balões e distribuição de panfletos que buscam conscientizar as pessoas contra o uso de entorpecentes.

O prefeito Roberto Sobrinho, em entrevista para diversas emissoras de TV antes do cerimonial, criticou as marchas ocorridas pelo País no sábado, a maioria delas pedindo a liberação das drogas. “O verdadeiro momento de liberdade é esse aqui onde estamos”, disse. Para o prefeito, que também é psicólogo, a liberação das chamadas drogas leves é um equívoco. “Essas são sempre o caminho de entrada para drogas ainda piores, com efeitos irreversíveis”, explicou.

Na Escola

Sobrinho anunciou como parte do programa Cultura de Paz a capacitação para cerca de 500 professores que irão atuar nas escolas para esclarecer crianças e adolescentes sobre o perigo que significa se aproximar das drogas. Além disso, evidenciou a parceria que a Prefeitura mantém com diversas instituições de recuperação de pacientes vítimas das drogas, além do Caps AD, órgão municipal que presta atendimento psicossocial a mais de 600 pessoas ao mês. “Vamos inaugurar um outro centro desses só pra crianças”, garantiu.

O professor Vicente Moura, que representou o Governador do Estado, Confúcio Moura, na solenidade, falou da importância em se conscientizar as pessoas sobre a sua parcela de responsabilidade. “É preciso fortalecer essas parcerias para enfrentar o avanço das drogas. O Governo do Estado está junto com a Prefeitura de Porto Velho nessa luta”, enfatizou.

O procurador geral do Ministério Público de Rondônia, Everton Alves de Aguiar, se mostrou preocupado com o “adoecimento” das famílias em decorrência do tráfico em Porto Velho. Para ele, as chamadas drogas lícitas também precisam ser combatidas. “Os pais fazem em casa, na frente dos filhos, que presenciam tudo”, criticou.

O presidente do Conen-RO, Neirival Pedraça, enumerou uma série de entidades e autoridades a quem destacou agradecimentos pelo apoio á luta contra as drogas no Estado. “Precisamos trabalhar para que crianças e adolescentes não caiam nesse caminho sem volta”, disse. Para ele, é bem mais difícil se resgatar uma pessoa da dependência do que evitar que se entre nas drogas.

Políticas Sobre Drogas

O delegado João de Deus, da Delegacia de Combate às Drogas (Denarc), apontou a grande quantidade de entorpecentes apreendidos e do alto número de pessoas presas nos últimos meses em Rondônia. “É preciso fazer um trabalho para que as pessoas não entrem nesse caminho sem volta”, disse.

O presidente do Conselho Municipal de Combate às drogas, Samuel Pessoa, que também é coordenador de políticas públicas para a juventude em Porto Velho, lembrou que a prefeitura já trabalha na construção do Plano Municipal de Políticas Sobre Drogas, que irá, entre outras coisas, mapear as entidades parceiras que atuam no combate e no tratamento a pacientes. “Organizados, teremos melhores condições de lutar por subsídios e poder manter a rede atuando dentro dos parâmetros do que está definido pelo Plano nacional, do Governo Federal”, lembrou.

A cerimônia ainda contou com apresentações da banda marcial da 17ª brigada, que executou o Hino nacional antes da abertura do evento, e da Fanfarra da escola Daniel Nery, do bairro JK. Também participaram da abertura a promotora da Infância e Juventude, Tania Santiago, o secretário estadual da cultura, Francisco Lenílson, o Chicão, o policial federal João Bosco e o representante da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa), Belgrano Cavalcante, e representantes do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

A semana segue com atividades na praça Madeira Mamoré até quarta-feira. Após a abertura, ocorreram apresentações musicais e artísticas no palco improvisado junto à praça. Nesta segunda-feira, serão promovidas haverá blitz educativas na avenida Jorge Teixeira e na Zona Leste, e palestras na escola Flora Calheiros.

Nenhum comentário: