Rommanel

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

ARTE DE TODOS LEVA INCLUSÃO CULTURAL AS COMUNIDADES CARENTES



.Arte de Todos leva inclusão cultural com geração de renda para comunidades carentes
Sex, 08 de Outubro de 2010 09:00
A prefeitura de Porto Velho promove inclusão cultural e social com geração de renda, e faz mudanças na vida de muitas pessoas nas regiões mais carentes do município, através do projeto Arte de Todos. O projeto realiza cursos gratuitamente através da Fundação Cultural Iaripuna, sob a coordenação da Divisão de Artes. Nos últimos dias foram iniciadas aulas de dança, teatro para crianças especiais, violão, capoeira e artesanatos.

De acordo com a coordenadora do projeto Arte de Todos, Arlene Bastos Lisboa, chefe da divisão de artes da Fundação Iaripuna, o curso de artesanato e reciclagem atende moradores da comunidade de Santo Antônio, próximo ao cemitério que tem o mesmo nome. Mulheres e jovens da comunidade estão aprendendo a arte da reciclagem, transformando garrafa pet em flores. "O objetivo é ajudar na preservação do meio ambiente, gerar renda e melhorar a qualidade de vida daquelas pessoas. A idéia é fazer com que elas realizem as primeiras vendas já no próximo dia de finados", disse Arlene Bastos.


No último dia 30 de setembro, a prefeitura iniciou os cursos de dança livre e teatro para a comunidade que reside no entorno da cidade cenográfica Jerusalém da Amazônia, altura do quilômetro 13 da BR-364, sentido Cuiabá. Cerca de 50 pessoas participam das aulas que acontecem toda sexta feira, das 8 às 11 horas. Também na sexta, das 19 às 21 horas, o Projeto Arte de Todos realiza cursos de capoeira no teatro Banzeiros.
Teatro e violão

Conforme Arlene Bastos, também foi iniciado o curso de teatro infantil para crianças portadoras de necessidades especiais. As aulas acontecem das 14 às 17h30min, no Centro Educacional Municipal Especial (CEME), na Avenida Amazonas, em frente ao Colégio Padrão, bairro Cuniã. "Entendemos que essas crianças também precisam ser inseridas em projetos de inclusão social e cultural", destacou.


Por meio da Fundação Iaripuna, a prefeitura também iniciou curso básico de violão na Biblioteca Municipal Viveiro das Letras, na zona Sul de Porto Velho. "No local, funcionam duas turmas, uma na quarta e outra na quinta feira, das 8 às 10h30min", informa.

Por Augusto José

Fotos: Fundação Cultural Iaripuna

Nenhum comentário: