Rommanel

terça-feira, 28 de setembro de 2010

MAIS DE 20 MIL PESSOAS PARTICIPARAM DO FESTIVAL DE PRAIA DO MUNICÍPIO DE JACY-PARANÁ EM RONDÔNIA


Cerca de 20 mil pessoas participaram do festival de praia de Jacy-Paraná, realizado nos dias 24, 25 e 26/09, segundo os organizadores. No sábado a programação começou bem cedo com as equipes das secretarias municipais de Saúde (Semusa), Meio Ambiente (Sema) e de Assistência Social (Semas), realizando a entrega de material informativo sobre DST/Aids, diabetes, hipertensão, tuberculose e hanseníase, além de preservativos masculinos e femininos, informativos sobre o meio ambiente, coleta seletiva, importância da água e ainda a exploração sexual de crianças e adolescentes e o projeto acolher. Além disso, uma tenda foi montada para tirar dúvidas e fazer a aferição de pressão e testes de glicose. Segundo Raimunda Lima, técnica da coordenação de DST/Aids da Semusa, muitas pessoas procuraram pelas informações, o que demonstra uma maior preocupação das pessoas com a própria saúde. “Muitos visitantes aproveitaram a oportunidade para conferir se a pressão estava normal, solicitar informações sobre algumas doenças e também dos serviços oferecidos pela Secretaria de Saúde”, disse a técnica

Muitos participantes montaram barracas na sexta-feira mesmo, garantindo um lugar bem próximo à praia e um final de semana saudável e agradável. Vários ambulantes comercializaram artesanatos, confecções e acessórios de praia e muitas guloseimas, o que garantiu uma renda extra neste fim de semana. As crianças tiveram um espaço montado pela secretaria municipal de educação (Semed) para pintar e desenhar.

Segurança

Já nas águas do rio Jacy-Paraná, trinta e sete bombeiros fizeram inspeção e segurança e nenhum incidente foi registrado. As equipes utilizaram jet skis, equipamentos de mergulho e se dividiram para vistoriar todo o espaço onde aconteceu o festival. Uma unidade de resgate esteve durante todo o evento a postos, para qualquer eventualidade. “O corpo de bombeiros montou uma grande estrutura para garantir a segurança de todos os participantes do festival.

Tudo correu dentro da normalidade, apenas com alguns atendimentos básicos, devido ao calor e a ingestão excessiva de bebida alcoólica, como uma queda de pressão ou uma tontura, o que é normal”, disse o capitão Nivaldo. Policiais militares e ambientais se movimentaram em todo o espaço montado para o evento, para garantir a segurança dos brincantes, tanto em terra firme, como ao longo da praia.

Trabalho Social

O corpo de bombeiros, que realiza um trabalho social com as crianças de Jacy-Paraná, fez a formatura e entrega de certificados aos bombeiros mirins. Trinta crianças com idade entre nove e catorze anos receberam das mãos das autoridades presentes o certificado, parabenizando pelo empenho e compromisso com a natureza. “São crianças que encerram o curso com um grande desafio: ajudar a preservar a natureza”, completou o capitão. Todos eles são moradores de Jacy-Paraná e receberam treinamento do corpo de bombeiros em relação com meio ambiente, atendimento básico de primeiros socorros e conscientização junto à comunidade.

Praia Limpa

Dentro deste cenário as equipes da secretaria de serviços básicos (Semusb), fizeram um trabalho essencial. Elas garantiram uma praia limpa, fizeram o recolhimento de lixo e dos demais materiais dispensáveis, esquecidos ou deixados na praia, o que para o secretário Marinho Melo, foi lamentável. “Ainda é preciso mais conscientização dos participantes dos festivais de praias. Mesmo colocando lixeiras em todos os pontos das praias, tendo essa parceria com os bombeiros mirins, ainda existem pessoas que preferem jogar lixo na areia e na água”, disse Marinho. A Semes montou também em vários pontos da praia banheiros químicos.

Esporte e diversão

Enquanto muitos se divertiam na praia, outros praticavam esportes. As opções eram variadas. Na tenda montada pela Semes, havia mesas de pebolim e tênis de mesa, além de pula-pula e circuito de aventura. Este último muito concorrido, já que adrenalina e contato com a natureza estavam juntos num único esporte. Segundo Caetano Souza, coordenador do circuito, há quatro anos existe esta parceria com a prefeitura de Porto Velho, garantindo gratuitamente um momento de lazer e contato com um esporte que não é muito convencional. “É uma experiência incrível. Ao mesmo tempo em que o coração bate mais forte por ser um esporte radical, o contato com a natureza proporciona um momento único”, disse Caetano. Na quadra de areia, 16 duplas disputaram o circuito de vôlei que garantiu vaga no festival de Fortaleza do Abunã, que está programado para os dias 8, 9 e 10 de outubro. Além do vôlei outras equipes disputaram premiação no futevôlei.

Resultado

No futevôlei o 1º lugar ficou com a dupla de Porto Velho Adelson e Beto; o 2º lugar com Cape e Firnande do Acre; 3º lugar a dupla portovelhense Marcelo e Douglas e o 4º lugar Glauber e Nenê, também de Porto Velho. No voleibol feminino o 1º lugar ficou com a dupla Joana e Roselma; o 2º lugar Letícia e Priscila e o 3º lugar Janaina e Vanessa, todas de Porto Velho. O voleibol masculino premiou em 1º lugar, a dupla Kleber e Beto; o 2º lugar foi garantido por Dirceu e Erique e o 3º lugar ficou para Chicão e Edson, todos de Porto Velho. Para todos os participantes a Semes entregou troféus, medalhas e premiação em dinheiro. Todas as duplas campeãs e os participantes até a 8ª colocação, estarão garantidos para o circuito de Fortaleza do Abunã.

Nenhum comentário: